Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu sótão é cor de rosa

Às vezes, de noite, subo ao telhado do sótão, sento-me a ver as luzes da cidade e o frenesim do fim dos dias e penso que gostava de ficar ali para sempre. L.T.

O meu sótão é cor de rosa

Às vezes, de noite, subo ao telhado do sótão, sento-me a ver as luzes da cidade e o frenesim do fim dos dias e penso que gostava de ficar ali para sempre. L.T.

A morte dos sorrisos

 

Já não há voz nas palavras, há gritos mudos. As almas vão adormecendo com as idades e choram no silêncio amargo dos vazios.

Morreram os sorrisos, não consigo escutar os seus encantos. Morreram, como vão morrendo os sonhos. Como morrem os amores e as esperanças de quem inventa histórias de felicidades inatingíveis.

Como quebrar a barreira entre o rasgar dos lábios e a força desmedida de cerrá-los?

E as danças, as danças que aclaravam as noites escuras? Morreram com os corpos que se deitam, sisudos, nas areias de um tempo que é longínquo e se transforma.

Preciso do silêncio doce que a sedução das ilusões me transporta. Preciso dos sorrisos que se soltam nos versos dos poetas e das danças das letras em folhas brancas.

Mas morro no cais ao lado de gritos mudos, como uma pedra que se solta da calçada e desaparece nas marés.

 

 

imagem retirada de: http://fotos.sapo.pt/

por Leonor Teixeira, a Ametista

Delírios de início de ano?

 

Dou por mim de braços cruzados no sofá, frente à televisão, os dedos sufocam-me a pele dos pulsos. Faço uma força com o corpo que não percebo, o meu olhar pára e o pensamento viaja até um lugar que nem eu própria sei qual é.

Tive uma noite agitada, sonhei com pessoas que fazem parte de um passado longínquo, no entanto as acções têm a ver com factos recentes e eu sinto-me confusa. Não sei o significado de tamanha miscelânea.

Pergunto-me a razão desta tristeza que se apoderou de mim mas não obtenho resposta. Será resultado de ter estado num bloco operatório e ter a percepção de um adormecer eterno e, ao acordar, sentir a alma fora do corpo antes da consciência estar em pleno?

Enfim, desabafos de quem precisa urgentemente de viver, com risos partilhados e sorrisos genuínos, abraços sentidos e gargalhadas sãs, correrias campestres e danças sem fim.

Delírios de início de ano?

Whatever.

Desejo que o ano de 2013 traga saúde e amizade a todos.

 

Um abraço e sejam felizes.

 

 

por Leonor Teixeira, a Ametista

por: Leonor T, a Ametista

img1514942427922(1).jpgo outro lado do sótão

queres entrar?

não copie ou altere; respeite os direitos de autor

índice.jpg

comentários arrecadados

  • Ametista

    É verdade... e que 'velha guarda'. Era maravilhoso...

  • green.eyes

    Eu acho que 95% da "velha guarda" foi embora…Do no...

  • Ametista

    Ficava aqui para sempre, acreditas? Mas há amigos ...

  • green.eyes

    Já não aparecias a tanto tempo, que já pensava que...

  • Ametista

    Eu vi-te Beijinho grande

esconderijos do sótão

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

os meus livros

ametistaleonor

ametistaleonor

IMG_20151228_150612.JPG