Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu sótão é cor de rosa

Às vezes, de noite, subo ao telhado do sótão, sento-me a ver as luzes da cidade e o frenesim do fim dos dias e penso que gostava de ficar ali para sempre. L.T.

O meu sótão é cor de rosa

Às vezes, de noite, subo ao telhado do sótão, sento-me a ver as luzes da cidade e o frenesim do fim dos dias e penso que gostava de ficar ali para sempre. L.T.

Há 6 anos no sapo blogs

Fez ontem 6 anos que comecei nas andanças por aqui e confesso que tem sido uma aventura deveras gratificante. Obrigada a quem me acompanha com carinho e à equipa do blogs do sapo.

Reitero o que deixei neste cantinho há um ano atrás: http://omeusotaoecorderosa.blogs.sapo.pt/50801.html. A única diferença é que mudei de nome ao blog, mas já o fiz tantas vezes que já não é novidade.

Parabéns a mim!, mas a coroa pertence ao sapo.

E como serei criança eternamente e acho esta imagem uma ternura, toma lá um beijinho sapinho :)

 

 (imagem retirada de sapo fotos sem referenciação de autor)

por Leonor Teixeira, a Ametista

Parabéns ao sapinho

Atrasada por uns dias, mas é sempre tempo de celebrar. Eu faço-o desta forma, desejando à equipa dos blogs do sapo as maiores felicidades ao longo do seu percurso. 

É com muita honra que escrevo no sapo, aquele batráquio que nos deixa entrar no seu mundo e nos dá liberdade para escrever, criar. Desde 2007 tenho conhecido blogs indescritíveis, formas de escrita envolventes e outros tipos de arte simplesmente fenomenais. Aqui cruzam-se emoções, misturam-se lágrimas, risos e sorrisos. Partilham-se alegrias, tristezas, abrem-se corações e unem-se almas.

Por aqui também existem verdadeiros construtores de sonhos, onde podemos escrever até onde o nosso imaginário nos levar. Aqui publicam-se livros, materializam-se quimeras.

Obrigada, sapinho, e muitos parabéns!

 

(imagem retirada de sapo fotos sem referenciação de autor)

por Leonor Teixeira, a Ametista

5º aniversário do blog

ametistaleonor

 

Há cinco anos criei este blog e, quando fez dois anos, escrevi um texto que agora vos deixo porque o sentimento é o mesmo senão maior.

Não estou aqui para dar os parabéns a mim mesma, mas para agradecer as amizades construídas neste mundo blogosférico. Estar aqui tem sido deveras gratificante.

Foi muito mais do que criar duzentos posts e ter mais de dois mil comentários. Foi o conhecer pessoas novas que, sem a existência de presença física, se envolveram num sentimento grandioso.

No início, tudo era novo e desconhecido. Não havia visitas, não se conhecia ninguém mas ia-se espreitando um ou outro espaço e, com o passar do tempo, foram chegando autores de mundos fantásticos. Entrámos nos cantinhos uns dos outros, devagarinho e sem abusar, fomo-nos conhecendo através das palavras e criando laços de ternura invulgares. Hoje podemos dizer que há aqueles que fazem já parte da nossa vida.

É com muita honra que escrevo no sapo, aquele batráquio que nos deixa entrar e nos dá liberdade para escrever, criar. Por diversas vezes mudei o rosto ao blog, alterei os templates, as cores, os componentes, os títulos e as descrições. Dei um nome a mim própria, alterei o pseudónimo uma ou outra vez e, por último, mudei de endereço.

Neste nosso mundo tenho conhecido blogs indescritíveis, formas de escrita envolventes e outros tipos de arte simplesmente fenomenais. Aqui cruzam-se emoções, misturam-se lágrimas, risos e sorrisos. Partilham-se alegrias, tristezas, abrem-se corações e unem-se almas. Por aqui também existem verdadeiros construtores de sonhos, através dos quais podemos escrever até onde a nossa imaginação nos levar. Aqui publicam-se livros, concretizam-se sonhos.

Um dia este cantinho chamou-se Aqui Sou Feliz. Acreditem que o fui e hoje posso dizer que continuo a sê-lo, apesar dos períodos de ausência.

 

Obrigada por me acompanharem.

 

 

por Leonor Teixeira, a Ametista

Parabéns, Maria das Quimeras

Desejo à minha querida amiga Maria das Quimeras um excelente Aniversário!

Espero que o teu dia seja preenchido com tudo de bom que mereces. Miminhos, prendinhas boas, abracinhos apertados e muitos, mas muitos sorrisos... tudo na companhia de quem amas.

Que seja, então, um daqueles dias... inesquecível, para guardares no baú das tuas melhores recordações.

Muito obrigada pela tua amizade.

Sê feliz, Amiga!

 

Beijinhos mil e sorrisos... muitos, ao longo do teu percurso... 

por Leonor Teixeira, a Ametista

O meu Amigo José fez anos ontem

 

O meu desejo de feliz aniversário surge tardiamente, meu querido amigo José, mas estou aqui e agora para te deixar este miminho. Acredita que não te esqueci naquele que foi mais um dia especial para quem considero um grande homem, um grande amigo, um verdadeiro sobrevivente. Tu, José.

Atrasados, mas...

 

 

 

Espero que o teu dia tenha sido preenchido com tudo de bom que mereces. Miminhos, prendinhas boas, abracinhos apertados e muitos, mas muitos sorrisos... Tudo na companhia de quem amas.

Muito obrigada pela tua amizade, que tem sido tão importante para mim... Conhecer-te foi uma pedra preciosa que encontrei no meu caminho...

 

Sê feliz, meu querido Amigo!

 

por Leonor Teixeira, a Ametista

Dia da Mana

A minha muito querida amiga Ónix faz anos hoje.

 

Este dia tem pouco ou nenhum valor para a minha irmã Guida, porque significa mais um ano vivido e outro a menos por viver. Mas o importante é que estamos aqui e os laços que nos unem não deixam enganar...

 

Feliz aniversário, mana!!!

 

Aquele abraço...

 

Adoro-te...

Forever... 'til the end of time...

por Leonor Teixeira, a Ametista

por: Leonor T, a Ametista

img1514942427922(1).jpgo outro lado do sótão

queres entrar?

os meus livros queres comprar?

ametistaleonor

ametistaleonor

não copie ou altere; respeite os direitos de autor

índice.jpg

comentários arrecadados

  • Closet

    ohhh que nostalgia me deu hoje e encontro-te aqui ...

  • Ametista

    É verdade... e que 'velha guarda'. Era maravilhoso...

  • green.eyes

    Eu acho que 95% da "velha guarda" foi embora…Do no...

  • Ametista

    Ficava aqui para sempre, acreditas? Mas há amigos ...

  • green.eyes

    Já não aparecias a tanto tempo, que já pensava que...

esconderijos do sótão

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

IMG_20151228_150612.JPG